Leituras do dia - 19/5/2019

Ver todo o calendário

  • 5° Domingo da Páscoa

     

     

    At 14,21b-27

     

     

    21b voltaram para Listra, Icônio e Antioquia (da Pisídia). 22 Confirmavam as almas dos discípulos e exortavam-nos a perseverar na fé, dizendo que é necessário entrarmos no Reino de Deus por meio de muitas tribulações. 23 Em cada igreja instituíram anciãos e, após orações com jejuns, encomendaram-nos ao Senhor, em quem tinham confiado. 24 Atravessaram a Pisídia e chegaram a Panfília. 25 Depois de ter anunciado a palavra do Senhor em Perge, desceram a Atália. 26 Dali navegaram para Antioquia (da Síria), de onde tinham partido, encomendados à graça de Deus para a obra que estavam a completar. 27 Ali chegados, reuniram a igreja e contaram quão grandes coisas Deus fizera com eles, e como abrira a porta da fé aos gentios.

  • 5° Domingo da Páscoa

     

     

    Ap 21,1-5a

     

     

    1 Vi, então, um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra desapareceram e o mar já não existia. 2 Eu vi descer do céu, de junto de Deus, a Cidade Santa, a nova Jerusalém, como uma esposa ornada para o esposo. 3 Ao mesmo tempo, ouvi do trono uma grande voz que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens. Habitará com eles e serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles. 4 Enxugará toda lágrima de seus olhos e já não haverá morte, nem luto, nem grito, nem dor, porque passou a primeira condição. 5a Então o que está assentado no trono disse: Eis que eu renovo todas as coisas.

  • 5° Domingo da Páscoa

     

     

    Salmo 144,8-13ab

     

     

    Resposta: “Bendirei o vosso nome, ó meu Deus, meu Senhor e meu Rei para sempre.”

     

     

    8 O Senhor é clemente e compassivo, longânime e cheio de bondade.
    9 O Senhor é bom para com todos, e sua misericórdia se estende a todas as suas obras.

     

     

    10 Glorifiquem-vos, Senhor, todas as vossas obras, e vos bendigam os vossos fiéis.
    11 Que eles apregoem a glória de vosso reino, e anunciem o vosso poder,

     

     

    12 para darem a conhecer aos homens a vossa força, e a glória de vosso reino maravilhoso.
    13ab Vosso reino é um reino eterno, e vosso império subsiste em todas as gerações.

  • 5° Domingo da Páscoa

     

     

    Jo 13,31-33a.34-35

     

     

    31 Logo que Judas saiu, Jesus disse: Agora é glorificado o Filho do Homem, e Deus é glorificado nele. 32 Se Deus foi glorificado nele, também Deus o glorificará em si mesmo, e o glorificará em breve. 33a Filhinhos meus, por um pouco apenas ainda estou convosco. 34 Dou-vos um novo mandamento: Amai-vos uns aos outros. Como eu vos tenho amado, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros. 35 Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.

     

     

    Comentário:

     

     

    Um mundo novo é a grande utopia que todos os cristãos, entusiasmados por Deus, perseguimos. O Senhor comprometeu-Se conosco como um esposo enamorado. Desejoso de nos tornar felizes, estabelece conosco uma íntima relação de Aliança, constituindo-nos como seu povo. Mora na nossa casa e afasta dela a morte, o luto, o pranto, a dor...

     

     

    Muitos cristãos vivem esta experiência que dá pelo nome de Reino de Deus. É uma experiência progressista, fantástica, que abre, como nenhuma outra, os horizontes e o sentido da vida. No Reino de Deus, respeita-se escrupulosamente a dignidade humana. Nele, o valor comunitário é o primeiro valor individual. Este ambiente de nova terra será possível, se cumprirmos o Evangelho e se olharmos para tudo o que acontece com olhos de ressurreição.

     

     

    Hoje, o Evangelho sublinha que o amor não é só o termômetro da qualidade humana, de qualquer autenticidade pessoal, o selo e a marca de qualquer pessoa de bem, mas também, e por antonomásia, o sinal que identifica e define os cristãos. É Jesus quem o diz: "O sinal por que todos vos hão de reconhecer como meus discípulos é terdes amor uns aos outros".

     

     

    Se realizássemos um inquérito sobre aquilo que caracteriza os cristãos, acaso responderíamos que era o amor à maneira de Jesus? Duvido que essa fosse a resposta, pelo menos de uma maneira clara e geral.

     

     

    Amar cristãmente é um desafio e uma meta inquietante, um mandamento velho e novo ao mesmo tempo, que condensa toda a boa tradição e que foi experiência privilegiada dos primeiros cristãos. Eles perceberam que era chegada a hora de amar e que o vocábulo amor se revestia de um sentido novo e especial.

     

     

    Hoje, temos de continuar a afirmar que o amor é a coisa mais bela que a vida humana tem e que, em grande parte, é fruto de uma aprendizagem. Amar não é fácil para ninguém! É até uma arte que exige um conjunto de condições, como simplicidade, conhecimento pessoal, equilíbrio, imaginação, perseverança... O Deus dos cristãos é um artista do amor como o provou sobejadamente. Por isso, vive em comunhão e respira misericórdia constantemente. Será possível amor maior? (Silêncio de interiorização).

     

     

    Comentário do dia : Santo Agostinho (354-430)
    Bispo de Hipona (norte de África), doutor da Igreja
    Tratado 65 sobre o Evangelho segundo São João, 1-2

     

     

    «Como Eu vos amei, amai-vos também uns aos outros»

     

     

    «Dou-vos um mandamento novo: que vos ameis uns aos outros». [...] Na verdade, este mandamento renova o homem que o ouve, ou melhor, que lhe obedece; não se trata, porém, do amor puramente humano, mas daquele que o Senhor quis distinguir, acrescentando: «Como Eu vos amei», [...] «para os membros terem a mesma solicitude uns para com os outros. Assim, se um membro sofre, com ele sofrem todos os membros; se um membro é honrado, todos os membros participam da sua alegria» (1Cor 12,25-26). Porque eles ouvem e observam a palavra do Senhor: «Dou-vos um mandamento novo: que vos ameis uns aos outros». Não como se amam os que vivem na corrupção da carne; nem como se amam os seres humanos apenas como seres humanos; mas como se amam aqueles que são «deuses» (Jo 10,35) e «filhos do Altíssimo» (Lc 6,35). Deste modo, tornam-se irmãos do Filho Unigênito de Deus, amando-se uns aos outros com aquele amor com que Ele os amou, e por Ele serão reconduzidos à plenitude final, onde os seus desejos serão completamente saciados de bens. Então nada faltará à sua felicidade, quando Deus for «tudo em todos» (1Cor 15,28). [...]

     

     

    Aquele que ama o seu semelhante com espiritual e puro amor, não amará nele senão a Deus? É para distinguir este amor da afeição puramente natural que o Senhor acrescenta: «como Eu vos amei», pois quem amou Ele em nós a não ser o próprio Pai? Não o Pai tal como já O possuímos, mas tal como Ele pretende que O possuamos quando Deus for «tudo em todos». O médico ama os seus doentes não por causa da doença, mas por causa da saúde que quer restituir-lhes: «que vos ameis uns aos outros assim como Eu vos amei». Foi para isto que Ele nos amou, para que nos amássemos uns aos outros.

Share Button

<
>
  • VITÓRIA PELA ORAÇÃO

    Vitória pela oração

    por apenas R$ 9,52

  • MORTE: LUCRO OU PERDA?

    Morte: lucro ou perda?

    por apenas R$ 9,52

  • O FOGO DE PENTECOSTES

    O fogo de pentecostes

    por apenas R$ 9,52

  • O MANUAL DA FELICIDADE

    O manual da felicidade

    por apenas R$ 11,12

  • CURA DAS EMOÇÕES EM CRISTO

    Cura das emoções em cristo

    por apenas R$ 10,32

  • BATALHA ESPIRITUAL

    Batalha espiritual

    por apenas R$ 13,60

  • CURA DAS ENFERMIDADES

    Cura das enfermidades

    por apenas R$ 10,00

  • ORAÇÕES DE CURA E  LIBERTAÇÃO

    Orações de cura e libertação

    por apenas R$ 10,32

  • ACENDA A LUZ

    Acenda a luz

    por apenas R$ 13,20

  • COMO REZAR PELA CURA ENTRE AS GERAÇÕES

    Como rezar pela cura entre as gerações

    por apenas R$ 10,00

  • COLHENDO PROSPERIDADE

    Colhendo prosperidade

    por apenas R$ 7,92

  • DEVOCIONARIO NOSSA SRA PRAZERES

    Devocionario nossa sra prazeres

    por apenas R$ 4,80

  • CATÓLICO PODE OU NAO PODE? POR QUE?

    Católico pode ou nao pode? por que?

    por apenas R$ 12,80

  • CATÓLICO PODE OU NAO PODE? POR QUÊ? II

    Católico pode ou nao pode? por quê? ii

    por apenas R$ 12,80

  • O MILAGRE DA EUCARISTIA PARA VOCÊ

    O milagre da eucaristia para você

    por apenas R$ 14,32

  • CERCO DE JERICÓ O CAMINHO DA VITÓRIA

    Cerco de jericó o caminho da vitória

    por apenas R$ 13,20

  • O TEMPO DOS MILAGRES

    O tempo dos milagres

    por apenas R$ 16,80

  • ENVIA O ESPÍRITO SANTO NOVENAS PENTECOSTES

    Envia o espírito santo novenas pentecostes

    por apenas R$ 11,92

  • VISITEMOS JESUS SACRAMENTADO

    Visitemos jesus sacramentado

    por apenas R$ 13,20

  • ELES ENCONTRARAM A FELICIDADE. E VOCÊ?

    Eles encontraram a felicidade. e você?

    por apenas R$ 15,12

  • MAIO COM MARIA

    Maio com maria

    por apenas R$ 6,24

  • O MÊS DE SÃO JOSÉ  DOUTRINA, ORAÇÕES, EXEMPLOS

    O mês de são josé doutrina, orações, exemplos

    por apenas R$ 8,80

  • O GRANDE, O HUMILDE  SÃO MIGUEL

    O grande, o humilde são miguel

    por apenas R$ 10,00

  • MÊS DO CORAÇÃO DE JESUS

    Mês do coração de jesus

    por apenas R$ 11,20

  • O SANTISSIMO NOME DE JESUS

    O santissimo nome de jesus

    por apenas R$ 4,00

  • MENSAGENS ENCONTRO COM CRISTO

    Mensagens encontro com cristo

    por apenas R$ 14,32